Saúde Mental na Comunidade

Ajude a apoiar famílias que cuidam de pessoas com doença mental em casa.
€4.721 Angariados
1 Donors
Campanha Terminada

É inegável o tremendo impacto que a doença mental tem no dia-a-dia da pessoa que dela sofre. Quando a doença não obriga a internamento hospitalar, a vida na comunidade faz-se com recolhimento, solidão e vergonha. Nas famílias que cuidam de pessoas com doença mental este efeito é ainda maior, principalmente porque a sensação de incapacidade e de impotência em lidar com a doença mental acumulam-se todos os dias. Por isso é frequente, também o familiar cuidador, ver a sua saúde física e mental degradarem-se até ao ponto de exaustão.

O que podemos fazer?

A Fundação S. João de Deus vem a promover apoios ao desenvolvimento de programas de promoção da saúde mental  familiar que contribuem para uma população mais informada e activa na integração social e profissional de pessoas com doença mental.

Como pode ajudar?

Ter vontade de se manter informado é um começo para compreender a doença mental, por si e pelos que o rodeiam. Estar mais desperto para a temática fará toda a diferença num momento de agir, num momento em que aquele que lhe pede ajuda só precisa que seja “todo ouvidos”. Com a nossa ajuda, da Fundação S. João de Deus, poderá conhecer melhor as temáticas e juntar-se a nós no combate ao estigma. Pode também doar aquilo que puder para que possamos erguer projetos que façam falta às pessoas com problemas de saúde mental que estejam integradas na comunidade.

Porquê esta causa?

A Província Portuguesa da Ordem Hospitaleira de S. João de Deus tem oito casas de saúde, de entre as quais seis acolhem e tratam pessoas com problemas de saúde mental. Está por isso no nosso ADN, há vários séculos, a temática da saúde mental que há demasiado tempo é tida como o parente pobre da saúde. Cabe-nos, a par e ao lado dos Irmãos e colaboradores do Instituto S. João de Deus, fazer diferente.

O que conseguimos?

Com o valor que nos ajudou a angariar pudemos abrir o cowork MindUp,  destinado a pessoas com problemas de saúde mental. Mais especificamente, pessoas autónomas, em idade ativa ou em situação de reforma por invalidez, que pretendam manter uma ocupação regular, apoiada e personalizada.

Publicações Relacionadas

Posted by admin | 18 Outubro 2017
No Dia Mundial da Saúde Mental, 10 de outubro, andámos na rua. Será que o mundo anda bem? O que podemos fazer para ajudar quem sofre de problemas de saúde…
Posted by admin | 13 Outubro 2017
As férias também servem para pôr a conversa em dia. Neste caso foi sobre Fátima. Já tínhamos informações seguras sobre um conterrâneo que tinha estado em Fátima no dia 13…
Posted by admin | 13 Setembro 2017
Todos os meses há espaço e tempo para exercitar a memória e estimular as funções cognitivas de todos aqueles que se querem juntar a nós. Basta estar atento à nossa…
4 LikesComentários fechados em Aqui damos corda à memória